11 thoughts on “under, não over!

  1. acho que estou na mesma situação do Arthur, sou meio leigo para sacar em profundidade o Metagrafismo. de qualquer formas, as ilustrações e instalações são lindonas.

    eu li o manifesto, não sei se eu entendi, mas esse trecho aqui é bem legal:

    ”Somos a expressão da carne das Américas, do traço do índio, do grafismo da caverna, da tática de caça, das listras dos animais – a onda que contra-balança.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *